Topic Clusters: entenda a nova estratégia de conteúdo

Carangos e Motocas marcou uma geração inteira. As mensagens transmitidas através do simpático fusca vermelho Wheelie sempre destacavam uma coisa: a urgência em se adaptar para manter-se na liderança. E isso vale tanto nas pistas de corrida quanto no pódio dos mecanismos de busca. Daí a importância em nos acompanhar ao longo desta leitura. Nela, vamos falar sobre Topic Clusters e o quanto essa estratégia de marketing digital pode impulsionar a sua marca.

Confira e veja como largar na frente dos seus concorrentes!

O que é Topic Clusters?

São mais de 5 bilhões de buscas diariamente feitas no Google. E cada vez mais a concorrência tem se apresentado como solução para as dúvidas do seu público-alvo.

Isso significa que é hora de fazer como Wheelie e buscar, na sua garagem, inovações para almejar as primeiras posições. Neste caso, é  o Topic Clusters.

Esse modelo de conteúdo tem contribuído para gerar mais resultados orgânicos para os conteúdos produzidos no site ou no blog da sua empresa por meio de uma organização diferenciada da sua estratégia de conteúdo.

Como funciona?

Seja uma caranga em um mercado de motocas que ainda não aderiram ao uso de Topic Clusters, que significa algo como agrupamentos de assunto.

Isso significa que o seu briefing, agora, vai contemplar uma integração maior com os hábitos de navegação do seu público. Indo além do foco em palavras-chave, apenas.

A partir de uma arquitetura de informações, a sua empresa passa a compor conteúdos que geram diálogos entre si, enriquecendo a busca dos usuários na internet. Funciona assim:

  • página pilar (pillar page) é o tema principal de um conteúdo, que vai linkar a outros menores, que são;
  • os artigos relacionados. São temas que se aprofundam naquilo que a página pilar explorou, mas de maneira branda.

Pense no Topic Clusters como o setor de engenharia da garagem do fusca vermelho Willie! A página pilar é o carro que ele está consertando, contendo tudo o que precisa para o veículo disparar.

Só que os artigos relacionados são os componentes que a concorrência não usa. Ou seja, são peças-chave para melhorar a performance do carro (a nossa página pilar). E ainda dialogar melhor com o conjunto, como um todo, melhorando a experiência do piloto (o visitante do seu blog).

Os blog posts relacionados melhoram, consequentemente, o ranqueamento das suas páginas nos mecanismos de busca. E, assim, o pódio está reservado para a sua empresa!

Por que focar no comportamento do consumidor?

O marketing digital se consolidou, no mercado, justamente porque inovava: passou a fazer o público-alvo encontrar as melhores empresas na internet.

Por meio da presença digital, a competição teve início, mas logo os pilotos (as empresas) aprenderam bastante sobre o seu consumidor. Era hora de mexer em um parafuso aqui e em outro ali para obter uma performance melhor.

E oTopic Clusters têm essa característica inovadora. A de galgar as ações digitais em um novo patamar.

Uma resposta direta do Google ao que o público demanda. Uma atualização em seu sistema, a Google Hummingbird, foi feita em 2013 e já mostrava indícios da necessidade de uso de Topic Clusters.

Dois anos depois, a atualização RankBrain evidenciou que os mecanismos de busca estavam ranqueando as páginas que mais se preocupassem com a experiência do usuário. Quase como Wheelie, que sempre encontrava uma maneira de vencer as motocas.

Se é o que o público demanda, fica mais fácil para você o estabelecimento de ações que complementem as outras, como o e-mail marketing e a jornada de compra do seu consumidor.

Por isso, para evitar que seus colegas assumam o eterno bordão de Confuso, com "Eu te disse, eu não te disse? Te disse!", procure saber mais sobre Topic Clusters e em como implementá-lo nas suas estratégias digitais! E para outras dicas para diferenciar-se mais de sua concorrência, continue acompanhando todas as novidades do nosso blog!

Compartilhe

Ainda não há comentários

Deixe seu comentário

WordPress Image Lightbox Plugin