Blog do Marketing

Uma coisa é fato: para desenvolver o seu negócio com eficácia, você precisa ter um bom monitoramento dos resultados e avaliar se as suas estratégias realmente estão no caminho certo.

Resumindo, para tocar o seu negócio, é importante definir quais serão os indicadores de desempenho.

Por meio deles, você pode analisar o quanto vendeu, realizar comparações com meses anteriores, saber o que está dando certo, conhecer melhor o perfil do seu cliente, dentre outras diversas oportunidades.

Se você presta serviços de alpinismo industrial, você pode até mesmo prever tendências e perceber fatores como a sazonalidade das suas vendas, por exemplo!

Ou seja, os indicadores de desempenho são essenciais para saber se sua empresa está crescendo no mercado ou não.

Mas já estamos nos adiantando! Vamos apresentar, em seguida, uma lista com os mais diversos tipos de indicadores de desempenho para aplicar no seu negócio.

Quer saber mais sobre tudo isso? Então não deixe de nos acompanhar neste post! Vamos lá?

1- Custos de Aquisição de Clientes (CAC)

O Custo de aquisição de clientes, também conhecido como CAC, é um indicador de desempenho que mede a soma de todos os esforços de marketing e vendas para conquistar clientes.

Por exemplo: se sua empresa vende ácido fosfórico, e quer aumentar o seu número de clientes, o CAC vai somar todos os gastos com essa estratégia, como:

  • Salários de marketing e vendas;
  • Comissões de vendedores;
  • Pesquisas e análises de marketing;
  • Investimentos em marketing digital e publicidades;
  • Softwares de CRM, etc.

2- Receita Recorrente Mensal (MRR)

A MRR se trata de todos os recebimentos mensais de uma empresa por seus clientes. É o caso de escolas, academias, TV por assinatura, serviços de comissionamento de equipamentos, entre outros. Ou seja, é o valor recebido fixo de seus cliente todos os mesmos.

3- Taxa de Abandono de Clientes

A taxa de abandono de clientes, mais conhecida como Taxa Churn, basicamente mostra a porcentagem de pessoas que deixaram de ser clientes da sua empresa por um determinado período.

Essa taxa é muito utilizada para as empresas saberem quais foram as estratégias que aumentam a perda de clientes, por exemplo.

4- Valor de Tempo de Vida do Cliente (LTV)

O valor do tempo de vida do cliente (LTV) ou Lifetime Value mostra quanto de valor um cliente entrega para uma empresa ao longo do seu relacionamento com ela.

Essa taxa é importante para medir o tempo médio de um cliente na empresa, assim como o tempo mínimo que ele deve permanecer como cliente.

5- Taxa de conversão

A taxa de conversão se trata da quantidade de pessoas que realizaram qualquer tipo de ação elaborada por sua empresa, seja ao realizar uma compra, responder uma pesquisa de satisfação, se cadastrar no seu aplicativo, entre outros.

A taxa de conversão é muito utilizada para que uma empresa saiba quais as estratégias que estão trazendo mais conversão e retorno.

Agora que você já sabe quais são os tipos de indicadores para aplicar em seu negócio, o que acha de seguir algum deles e ter sucesso? Gostou do post? Conta pra gente!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Compartilhe