Blog do Marketing

Para quem trabalha com marketing digital, entender sobre os gatilhos mentais é um passo essencial!

Afinal, os gatilhos mentais são técnicas variadas que focam os aspectos instintivos, sociais e emocionais que estão presentes em todas as pessoas.

Ou seja, eles são estratégias que unem a emoção e razão para impulsionar leads (potenciais clientes) em sua jornada de compra, assim como analisar decisões e comportamentos de um público-alvo.

Aprender sobre os gatilhos mentais não é somente uma mão na roda, como também é a chave para aumentar consideravelmente as chances de convencer as pessoas a tomarem uma determinada ação.

Calma! Não estamos falando em persuadir de maneira antiética. O nosso objetivo não é forçar as pessoas a comprarem uma cadeira elevador sem as mesmas não terem pelo menos a necessidade daquilo. Até porque esse tipo de ação é praticamente impossível.

Mas sim, os gatilhos mentais são técnicas para impulsionar as pessoas que já possuem interesse em determinados produtos e serviços, mas que, por algum motivo, precisam de “algo a mais” para tomarem a sua decisão de compra.

Então, se interessou pelo assunto? Neste post você irá aprender tudo que precisa sobre os gatilhos mentais. Continue nos acompanhando para saber de todos os detalhes!

O que são os gatilhos mentais?

Basicamente, os gatilhos mentais são impulsos e estímulos que o cérebro humano recebe, para que seja possível tomar uma decisão com mais facilidade.

Os gatilhos mentais estão profundamente embutidos em nossos instintos, assim como em nossa cultura social. Os hábitos mais comuns, como escovar os dentes ou tomar banho raramente são processados pelo nosso cérebro.

Assim, as estratégias de gatilhos mentais buscam utilizar do nosso instinto e hábitos mais comuns para nos estimular a tomar decisões de compras.

Se você pensa em comprar uma lavadora de piso, mas ainda não comprou por algum motivo, um gatilho pode ser o que você precisa para tomar sua decisão, por exemplo!

Como aplicar os gatilhos mentais?

Atualmente, inúmeras empresas aplicam os gatilhos mentais em suas estratégias de marketing. Por isso, abaixo, vamos te mostrar quais são os gatilhos mais utilizados. Confira:

  • Reciprocidade: o gatilho mental da reciprocidade diz que quando ganhamos algo, nos sentimos na obrigação de dar outra coisa em troca. É por isso que muitos negócios investem em brindes, amostras gratis, e por aí vai.
  • Escassez/urgência: Esse gatilho é usado para ativar o senso de urgência do consumidor. Panfletos como “vagas limitadas” ou “edição limitada” são uma ótima alternativa para utilizar esse gatilho.
  • Exclusividade: as pessoas gostam de se sentir únicas e especiais, por isso, eventos vips, ou a venda de produtos personalizados funciona muito bem como uma forma de gatilho!
  • Autoridade: o gatilho de autoridade remete a marca ser uma boa referência. Isso pode ser feito por meio de conteúdos relevantes e informativos para o seu público. Especialmente para as empresas B2B, como as que prestam serviços de caldeiraria industrial, esse gatilho é excelente para captar novos clientes interessados.

Agora que você já sabe de tudo sobre os gatilhos mentais, o que acha de investir nessa estratégia e ter sucesso? Gostou do post? Conta pra gente!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Compartilhe