Blog do Marketing

Dentro do universo do Marketing Digital, é muito comum as pessoas confundirem termos e abreviações.

Afinal de contas, sabemos que tudo ainda é muito novo para os empreendedores que estão no início do negócio ou até mesmo para aqueles querem inovar e chegar a outros patamares.

Um fato é: alguns conceitos estão diretamente ligados ao outro. E isso, sem dúvidas, pode gerar muita confusão.

No entanto, é importante que você saiba diferenciar cada um dos conceitos para que as suas estratégias não sejam comprometidas, especialmente quando se trata da mensuração de resultados.

Entre os termos designados no marketing digital que auxiliam a monitorar e medir a performance, estão as métricas e os KPIs.

Basicamente, KPIs não são o mesmo que métricas. No entanto, uma métrica pode se tornar um KPI.

Mas vamos explicar melhor sobre a diferença desses dois conceitos nas próximas linhas. Continue nos acompanhando para saber de todos os detalhes! Vamos lá?

O que são métricas?

Basicamente, as métricas são dados brutos. Elas são informações simples e genéricas, mas que são grandes aliadas na hra de acompanhar os resultados do seu negócio e auxiliar na clareza em relação às ações tomadas.

Se você atua com cilindro hidráulico e está nas redes sociais, por exemplo, as métricas mais comuns são:

  • Número de likes em uma publicação;
  • Retweets, compartilhamento;
  • Cliques;
  • Taxa de rejeição;
  • Total de seguidores; entre outros.

Ou seja, as métricas são dados que não estão, necessariamente, associados aos objetivos do negócio, mas sim, ela reflete em determinada ação ou comportamento do seu site, blog ou rede social.

O que são KPIs?

Os KPIs, ou Key Performance Indicators (indicador-chave de desempenho) são indicadores obtidos por meio das métricas.

Por meio deles, é possível realizar a mensuração de uma ação, e saber se elas estão gerando a performance desejada para o atingimento dos objetivos de um negócio.

Isso significa que, com os KPIs, é possível traçar e acompanhar as suas metas com mais clareza , uma vez que traduzem os resultados almejados pela empresa.

Alguns exemplos práticos de KPIs são: mobilização, lucro, engajamento social e potencial. Também vale lembrar que cada KPI deve ser escolhido de acordo com a organização.

Uma empresa de sistema de combate a incêndio possui necessidades diferentes de uma agência de publicidade, por exemplo. Por isso, é importante utilizar KPIs que são relevantes para o negócio.

Qual a diferença entre as métricas e os KPIs?

Resumindo, enquanto as métricas se baseiam em dados brutos sobre algum projeto ou ação, os KPIs são indicadores que utilizam esses dados brutos para proporcionar mais clareza ao gestor sobre a performance das ações em relação aos objetivos do negócio.

Se você tem uma indústria de tela de proteção para sacada, por exemplo, você pode utilizar os KPIs para saber mais sobre o comportamento dos seus clientes, analisar novas tendências, elaborar estratégias, realizar investimentos e afins.

Agora que você já entendeu quais são as principais diferenças entre as métricas e indicadores de resultados, o que acha de utilizar esses dois conceitos para se destacar? Gostou do post? Conta pra gente!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Compartilhe