Conversão de leads em clientes: conheça 5 dicas importantes para a sua empresa

Quando a Hasbro lançou a coleção de brinquedos G.I. Joe — popularmente conhecida como Comandos em Ação por aqui —, em 1964, o mundo era outro. O apelo para os leads da empresa era simples e eficiente: tornar o seu público-alvo em protagonistas de conflitos divertidíssimos com bonecos militares articulados e armados até os dentes.

Claro, muito disso mudou ao longo das décadas, mas sabe o que fica ainda marcado na mente do consumidor? O fato de que uma estratégia é essencial para converter os seus leads em clientes e que a sua empresa precisa se municiar estrategicamente para sair vencedora desse (pacífico) conflito mercadológico.

Acompanhe, então, como os Comandos em Ação podem inspirar você a converter os seus leads em clientes através de toda a sua jornada de compra!

1. Entenda o funil de vendas para converter leads

A investida desenfreada e sem planejamento, “à lá Rambo”, não funciona com os Comandos em ação. Coletividade proposta por uma equipe multidisciplinar sempre foi a tônica dos brinquedos da Hasbro. E o mesmo deve ser feito com o seu trabalho de marketing digital.

Para converter leads, portanto, não basta se lançar no mercado à toda. É importante conhecer a sua persona e ter muito bem definida toda a sua jornada de compra.

Assim, você aprende como abordá-lo em impactá-lo em todas as etapas do seu processo de compra. Em geral, o funil de vendas é composto pelos seguintes estágios:

  • topo: a persona ainda desconhece a sua empresa, soluções e sequer que tem um problema. É o momento de educá-lo, gradativamente;
  • meio: o consumidor já entende o seu problema e está em busca da melhor solução para ele;
  • fundo: é hora de apresentar a sua empresa, o seu produto ou serviço e guiá-lo para a venda.

Para isso, a produção de conteúdo costuma ser o elemento mais confiável para a sua empreitada — como veremos na dica a seguir.

2. Tenha uma boa estratégia de conteúdo

Os Comandos em Ação tinham os soldados certos e as armas certas para cada tipo de investida. A produção de conteúdo se aproxima muito disso, pois o mantra do marketing digital é: “entregar a mensagem certa, para a pessoa certa, e no momento certo”.

Isso quer dizer que você deve produzir conteúdos que agreguem ao seu público-alvo. Que ajude cada um deles a obter as respostas desejadas, até encontrarem a sua empresa como a solução para o seu problema.

3. Faça a nutrição de leads

Como um complemento aos tópicos anteriores, convém dizer que a nutrição é um dos principais aspectos para a eficaz conversão de leads.

O que isso significa? Que nem todo consumidor está pronto para adquirir os seus produtos ou serviços. Às vezes, ele só está pesquisando, e é importante reconhecer isso de imediato para não frustrar a sua estratégia.

Imagine, por exemplo, quando você era criança e levou os tanques dos seus Comandos em Ação para brincar na piscina. Não funciona muito bem, não é mesmo? É isso que acontece quando você decide abordar um cliente que ainda não passou pelo processo de nutrição.

É por isso que importa saber quem é o seu consumidor, o processo de sua jornada de compra e como abordá-lo em cada um desses momentos.

4. Integre os setores de marketing e de vendas

Volta, aqui, aquilo que falamos a respeito dos soldados multidisciplinares da Hasbro: especialistas que cumprem muito bem missões específicas, só que sempre em um trabalho colaborativo.

Por exemplo: os conteúdos criados para o blog pelo setor de marketing devem conversar com os leads até que os vendedores possam abordá-lo, ciente de todas as necessidades daquele cliente em particular.

E isso só acontece se ambas as áreas estão em contínuo diálogo: primeiro, para que o setor de vendas entenda a demanda e, posteriormente, em oferecer um feedback ao pessoal do marketing.

5. Feche o acordo

Por fim, é hora da investida final — aquele momento em que todos os Comandos em Ação já descobriram o “ponto fraco” do local onde pretendem invadir e salvar o dia. No marketing digital, essa hora é o momento de oferecer algo diferenciado para o consumidor.

Pode se um período gratuito de testes da sua solução, uma visita ou qualquer outra maneira de disseminar o que você tem a oferecer na rotina do público-alvo. Assim, ele pode se convencer que é hora de comprar o seu produto e/ou serviço.

Quer saber, agora, outras dicas para treinar a sua equipe e torná-los em verdadeiros especialistas multidisciplinares? Então, continue acompanhando as novidades do nosso blog!

Leia também as postagens do Blog da Ideal Marketing, onde você encontrará muita informação bacana sobre Marketing Digital.

Compartilhe

Comments are closed.

WordPress Image Lightbox Plugin