Comunicação digital: como acertar o público alvo de forma correta

Você conhece seus clientes? Sabe quem eles exatamente são? Para onde seus produtos vão? Se você já consegue identificá-los, o que exatamente fez com que eles se interessassem?

São tantas as questões que precisam ser respondidas quando se tem um empreendimento, não é mesmo? E todas são fundamentais para que qualquer empresa consiga definir o público-alvo para criar soluções e formas de divulgação que realmente atinjam seus objetivos.

Mas você deve estar se perguntando: o que esse processo faz exatamente? É simples, ele vai possibilitar que você e toda sua equipe possa desenvolver estratégias com o foco no cliente, e não mais no produto, como era feito no passado.

De modo geral, as empresas precisam conhecer seu público-alvo para que conquiste o sucesso de qualquer negócio. Não é segredo para ninguém que toda empresa (até mesmo a que trabalha com produtos mais gerais, como envelope awb) precisa conhecer o perfil do seu cliente, para que assim possa desenvolver uma comunicação eficiente. Com isso, é possível definir um planejamento estratégico e desenvolver produtos e serviços para atender às suas necessidades específicas.

E não tem como se aproximar e entender seu consumidor se você não está interessado em analisar os problemas e dúvidas de cada um deles. Dessa forma, você poderá abordá-lo exatamente no cerne da questão, mostrando como seus produtos ou serviços são a melhor opção para a sua necessidade.

Apesar dessa estratégia existir a algum tempo, muitos profissionais ainda não sabem como executá-la e outros nem sabem que ela existe. Isso afeta, diretamente, as campanhas já adotadas. Pensando nisso, produzimos um conteúdo bem interessante sobre como acertar o público alvo de forma correta por meio da comunicação digital. Vamos nessa?

Saiba como definir um público-alvo

Antes de mais nada, é importante ter bem fixo na mente o que significa, exatamente, a comunicação digital. Ela nada mais é que um conjunto de normas relacionadas com o comportamento adequado e responsável no uso das tecnologias. Ou seja, toda a forma de se comunicar com os cliente via internet, sendo considerado como um conjunto de assistentes virtuais.

Dito isso, podemos voltar a melhor forma de definir um público-alvo. Para que ele seja definido é importante ter seu negócio muito bem definido. Isso porque sem um segmento definido não tem como traçar quem você deve atingir.

Você talvez não saiba, mas é possível realizar uma pesquisa de mercado para descobrir seu público alvo apenas utilizando técnicas de comunicação digital. Com elas, é possível, também, quem são seus concorrentes e observar o que faz para chamar atenção.

Sempre que você for levantar quem é seu público alvo, é fundamental ter o conhecimento do pelo menos dois pontos principais: faixa etária e o nível de renda. Com isso, você também conseguirá entender e verificar a precificação dos produtos e serviços que está aplicando é condizente com a situação social do público. 

É claro que não tem como falar do uso da comunicação digital para traçar o perfil do público alvo, sem falar da utilização das redes sociais para isso. Pois é, é fundamental que sua empresa esteja presente nas mídias sociais para entender melhor todo o comportamento e perfil dessa audiência. 

Mas, olha só: não esqueça de investir e focar suas campanhas para um grupo de possíveis clientes que represente, de fato, o nicho que seus produtos atendem. Por exemplo: do que adianta trabalhar com fita de led, se você não tem conhecimento de mercado e muito menos de quem se interessa por esse tipo de produto?

Conheça as novas definições de público alvo

Já é um fato mais que esclarecido utilizar o termo público alvo no meio do marketing digital. Agora, o que talvez você ainda não tenha conhecimento é que, atualmente, existem mais dois conceitos que podem substituir o oficial, com o objetivo de detalhar ainda mais sua campanha. Vamos conferir quais são?

Stakeholder

Muitos de você nunca devem ter ouvido falar sobre stakeholder, não é mesmo? Bom, se você não conhece, fique tranquilo que eu explico: ele nada mais é que um termo desenvolvido para definir não só um público, mas todos as pessoas que são de interesse para o seu negócio. Mas pense bem, para cada tipo de público é uma ação diferente segmentada.

Existem diversos tipos de exemplos deste tipo de público alvo, como concorrência, mídia, sindicatos, empregados, consumidores, grupos de pressão e assim por diante. Tendo isso em mente você consegue dimensionar a segmentação de públicos que podem servir tanto de apoio, quanto de meio de divulgação para a marca.

Persona

Bom, é importante saber que, diferente do anterior, a persona é definida como sendo aquele cliente ideal. Dentro desse cenário, é importante ter consciência que o público não será exatamente o mesmo mas podem ter gostos similares. Essa diferenciação e identidade são normais. Por isso que se criam as personas, clientes fictícios para ajudar a segmentar e direcionar melhor as ações de marketing digital.

Você pode traçar esse perfil utilizando as pesquisas de mercado, demográfica e comportamento nas redes sociais. Com essas informações você consegue montar uma persona.

Esse resultado é importante para para os profissionais de marketing de conteúdo, que são responsáveis por atrair potenciais clientes. A equipe de marketing também deverá utilizar estratégias de SEO para definir as palavras-chave.

Resumindo, a persona é um processo bem simples de você não produzir campanhas gerais. Podemos até dizer, inclusive, que para cada grupo de stakeholders há uma persona, um perfil de cliente.

É necessário conhecer seu público alvo para otimizar ações

Como você pode conferir no nosso artigo, definir o público-alvo é uma das etapas mais importantes do planejamento de um negócio. Isso porque nada funciona e tem resultado sem que você saiba qual o público que vai atender. Além disso, possibilita a criação de estratégias mais eficientes a partir do conhecimento das características e interesses dos consumidores.

Então, basicamente você precisa realizar uma boa pesquisa de mercado, além de conversar com as pessoas interessadas, criar grupos de segmentação e definir a persona. Pense que, o robô industrial, assim como os bots, podem ser fundamentais na captação desse público. 

De modo geral, é fundamental que fique bem correto a definição de persona, e que você tenha total ciência de que ela não é a mesma coisa que público-alvo. Pense que este segmento trabalha para levar mais informações específicas, que contribuirão nas tomadas de decisão.

Este produto foi produzido por Iago Martins, criador de conteúdo do Soluções Industriais.

Compartilhe

Comments are closed.

WordPress Image Lightbox Plugin